Biografia
Biografia de Iaponí Araujo

Nasceu em São Vicente, Rio Grande do Norte, em 1942.
Autodidata, integrou o elenco de pintores potiguares nas mostras “Civilização do Nordeste”, apresentada no Museu de Arte Popular da Bahia em 1963, “Arte Popular do Rio Grande do Norte” e “Pintores do Nordeste”, em Natal, 1965. Sua primeira individual no Rio de Janeiro foi na Galeria Vila Rica, em 1963.
Transferiu-se para o Rio de Janeiro em 1967, dois anos após receber Isenção de Júri do “XIII Salão Nacional de Arte Moderna”, do qual já tinha participado no ano interior. Viajou para a Europa, onde permaneceria por dois anos, fixando-se em Londres, onde expôs na Galeria Embaixada do Brasil (1970), na Galeria Debret, Paris (1971) e em Munique no mesmo ano.
Retornou ao Brasil em 1972 e participou de exposições coletivas na Europa e no Brasil. Sua pintura documentando a literatura oral nordestina, conservando os mesmos títulos saborosos dos livrinhos de cordel, figura nas obras Aspectos da Pintura Primitiva Brasileira e as Festas Brasileiras pelos Pintores Populares.
Faleceu no Rio de Janeiro em 1996.

Obras disponíveis

Mariana e o capitão do navio – 50×70
Iaponí Araújo – Eleonora e o cabritinho – 50×70
A paquera – 38×42